quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Caio F. Abreu




"Eu só vim lhe desejar um dia lindo.
Com flores pelos caminhos que você percorrer. Com gente feliz ao seu redor.
Com chuvas de sorrisos e de olhares que vem da alma. Não importa se grandes notícias não virão hoje.
Que também não venham as más. Que seu dia seja de paz. Que você esteja em paz.
E que você olhe os problemas de cima, e as pessoas que você convive, com olho no olho.
Que as palavras do dia sejam ‘leveza’, ‘doçura’, ‘calmaria’, ‘tranqüilidade’.
E que suas próximas horas sejam carregadas de pensamentos positivos e muita paz no coração.
Só vim te desejar um ótimo dia. Colorido e florido. Que assim seja!"


Caio F. Abreu.

Excelente dica de leiura.

Autor: Kate Morton
Género: romance
Editora: Porto Editora | Nº de páginas: 480

Resumo (do livro): Como sobrevivem os que presenciam a tragédia?

Verão de 1924

Na noite de um glamoroso evento social, um jovem poeta perde a vida junto ao lago de uma grande casa de campo inglesa. Depois desse trágico acontecimento, as suas únicas testemunhas, as irmãs Hannah e Emmeline Hartford, jamais se voltariam a falar.

Inverno de 1999

Grace Bradley, de noventa e oito anos de idade, antiga empregada da casa de Riverton, recebe a visita de uma jovem realizadora que pretende fazer um filme sobre a morte do poeta.

Memórias antigas e fantasmas adormecidos, há muito remetidos para o esquecimento, começam a ser reavivados. Um segredo chocante ameaça ser revelado, algo que o tempo parece ter apagado mas que Grace tem bem presente.

Passado numa Inglaterra destroçada pela primeira grande guerra e rendida aos loucos anos 20,
O Segredo da Casa de Riverton é um romance misterioso e uma emocionante história de amor.

As Vezes construímos sonhos em cima de grandes pessoas... O tempo passa... e descobrimos que grandes mesmo eram os sonhos e as pessoas pequenas demais para torná-los reais!
Bob Marley
A gente não faz amigos, reconhece-os.
Vinícius de Moraes
 postais.net

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

E  serei aquela alma sagrada, apenas porque quando estou com você  sinto que estou no céu...E, se o conceito de céu não for este, nem mesmo sei se desejo chegar lá  um dia, pois aqui os meus dias são claros, minha  sombras são belas e  meus  sonhos nem ficam mais em papéis , eles se tornam realidade, porque assim como te amo , faz a minha vida  ter a melhor e  maior ternura que há, faz meu coraçao sentir-se amado, aconchegado, envolvido, totalmente feliz...
Maria
imagem de :euteamoeternamente1.blogspot.com

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Esta é um Gênio e tanto!!

Souvenir

Sinopse: Em Souvenir, Carson McKay e Meg Powell são adolescentes loucos um pelo outro até que, aos 21 anos, ela anuncia que vai se casar com outro homem. Carson, atordoado, mergulha na música para afogar suas mágoas, o que acabará por fazer dele um grande astro do rock. Meg se entrega ao papel de esposa, mãe e dona de casa para o homem que, secretamente, salvou sua família da ruína. Duas décadas se passam até que as lembranças da juventude vêm bater com força à porta dos dois.


 imagem de :livrosgratis.net

Linda e suave leitura...














 Este livro é uma das suas histórias mais emblemáticas e com ele os leitores vão certamente rir, chorar e acreditar na verdadeira força do amor!Passaram-se dez anos desde que Joe Lakota trocou a sua cidadezinha do Oregon e a mulher que amava pelas falsas promessas de uma grande metrópole. Agora está de regresso, porque quer proporcionar ao filho aqueles valores que só se encontram verdadeiramente na terra que nos viu nascer. E também porque ambiciona reacender a paixão que em tempos o uniu à bela Marilee Nelson. Esta porém já não é a jovem tranquila que um dia ele abandonou. É hoje uma mulher atormentada por um segredo que não quer partilhar, nem mesmo com Joe.É então que Joe lhe faz o mais irresistível dos pedidos: que se torne sua mulher e mãe do seu filho. Como poderá ela, no entanto, concordar com tal casamento, quando não é sequer capaz de lhe dizer a verdade? 



site da imagem :sitiodolivro.pt

domingo, 20 de novembro de 2011


Carol, nascida em Cabo Verde de família branca e abastada, nunca se resignou à miséria das ilhas. E, movida pelo sonho de construir uma sociedade mais justa, ingressou ainda jovem no Partido Comunista. Não se importando de usar a beleza como arma ideológica, abraçou a luta revolucionária, apaixonou-se por um camarada e ficou grávida pouco antes de ser presa. Foi a sua mãe quem tratou de Helena nos primeiros tempos, mas, depois de libertada, Carol levou-a para Moscovo, onde trabalhou nas mais altas esferas do Comintern. Aí, o contacto com as purgas estalinistas não chegou para abalar as suas convicções, mas o clima de denúncia e traição catapultou-a para o cenário da Guerra Civil espanhola, obrigando-a a deixar Helena para trás; e, apesar de ter escapado aos fuzilamentos franquistas, a eclosão da Segunda Guerra Mundial impediu Carol de voltar à União Soviética para ir buscar a criança.
Será apenas vinte anos mais tarde que mãe e filha se reencontrarão em Berlim; mas a frieza e o ressentimento de Helena farão com que, na viagem de regresso a Lisboa, Carol decida escrever um romance autobiográfico com o qual a filha possa, se não perdoar-lhe, pelo menos compreender as circunstâncias do abandono – a clandestinidade, a prisão, a guerra, a espionagem e o inconcebível casamento com um inspector da polícia política.
Inspirado na vida de Carolina Loff da Fonseca, este romance extremamente empolgante vai muito além dos factos, confirmando Ana Cristina Silva como uma das mais dotadas autoras de romance psicológico em Portugal.





imagemfeiradasletras.blogspot.com


Autora: Annie Murray
Edição: Out/2011
Páginas: 496
ISBN: 9789892316130
Editora: ASA
Edie, Ruby e Janet são amigas e dedicam-se a fazer chocolates na famosa fábrica Cadbury, em Inglaterra. As suas vidas poderiam ser de sonho, não fossem as atribulações familiares e a eclosão da Segunda Guerra Mundial.
Edie casa muito jovem. A sua fé no futuro é ilimitada mas o destino tem outros planos para ela. Com apenas dezanove anos, Edie enfrenta a guerra sozinha e tomada pela dor após a perda do marido e do filho. Até que uma noite, durante um bombardeamento, uma criança abandonada é deixada ao seu cuidado…
Entretanto, a sua jovial amiga Ruby, apesar do medo de ficar solteirona, acaba por se casar com Frank, desconhecendo o seu carácter temperamental.
E há também Janet - inteligente, bondosa e atraída pelos homens errados. Profundamente magoada pela sua última relação amorosa, Janet está convencida de que nunca mais se apaixonará.
Mas David, a criança que Edie acolhe, conquista o coração de todos. E quando tem idade suficiente para questionar a sua verdadeira identidade, David vai novamente transformar as suas vidas e proporcionar-lhes algo com que nunca sonharam …
Três mulheres cujas vidas são marcadas pela amizade, a guerra e o amor por uma criança.

Autora:
Annie Murray nasceu no Berkshire, em Inglaterra, e estudou Inglês no St. John’s College, em Oxford. Em 1991, ganhou o She/Granada TV Short Story Competition e, em 1995, o seu primeiro romance, Birmingham Rose, entrou directamente para as listas de bestsellers. Tem quatro filhos e vive actualmente em Reading.









site da imagem:tralhasgratis.blogs.sapo.pt

sexta-feira, 18 de novembro de 2011






 Estágios da minha alma, é  assim que ela  vive em meio a tantos disabores do dia a dia..
Já teve tempo em que apenas o vento me  visitava e o sol batia na minha porta... E tive tempo de escrever ,poetizar, cantarolar... mas me faltou a motivação, porque para isso teria que está motivada e assim deixar fluir o que dentro de mim existia... Mas hoje em meio a este  tempo conturbado, eu tenho a alma bem elevada ...
Um dia  bateu à minha porta a felicidade , me trouxe flores tamanhas, perfumes suaves nunca antes  vistos ou sentidos pelas minhas narinas, então desde esse dia que não mais, quiz voltar para o estágio que  outrora minha alma estava ...
Maria







da imagem :meme.yahoo.com
Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro.
Clarice Lispector
 site da imagem:sites.google.com

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

GENTE , É LINDO DEMAIIIISSSSSS!!

O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada. Caminhando e semeando, no fim terás o que colher.
 contarcriticarcultivarr.blogspot.com

Eu chupava chupeta quando assistia isso, amava !!!!!

Lindo filme , ameii

ótimo desenho animado




 ...o verdadeiro amor , aquece até mesmo os  corações pedrificados pelo gelo da solidão...
 M








site da imagem :dark.bloguepessoal.com

Linda história , entenda ...

TALVEZ você possa se dar ao luxo de esperar. Talvez para você haja um amanhã. Um, dois, três ou dez milhões de amanhãs… Tanto tempo, que você possa nadar nele, deixar rolar e enrolar-se nele, deixá-lo cair como moedas por entre os dedos. Tanto tempo, que você possa desperdiçá-lo.
Mas, para alguns de nós, há apenas o hoje. E a verdade, afinal, é que você nunca sabe quando chegará sua vez.
Samantha Kingston tem tudo: o namorado mais cobiçado do universo, três amigas fantásticas e todos os privilégios no Thomas Jefferson, o colégio que frequenta — da melhor mesa do refeitório à vaga mais bem-posicionada do estacionamento.
Aquela sexta-feira, 12 de fevereiro, deveria ser apenas mais um dia de sua vida mágica e perfeita. Em vez disso, acaba sendo o último. Mas ela ganha uma segunda chance. Sete “segundas chances”, na verdade. E, ao reviver aquele dia vezes seguidas, Samantha desvenda o mistério que envolve sua morte — descobrindo, enfim, o verdadeiro valor de tudo o que está prestes a perder.
site da imagem: sobrelivros.com.br

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Somos mais que capazes
















site da imagem:queilaferraz.fashionbubbles.com
site da imagem 2:lufavero.com.br


 Quando o vazio já nos  assola, qualquer coisa  em meio a  caminhada serve para sentirmos que não estamos sós.
MG










da imagem:kboing.com.br
...Gostaria que os  sonhos  fossem até  pagos , mas  com um curto percurso a se chegar a eles...

domingo, 13 de novembro de 2011

CARSON McCULLERS


Numa pequena povoação no Sul profundo dos Estados Unidos, Carson McCullers dá-nos a conhecer um trio de personagens pouco convencional. Miss Amelia Evans foi casada durante dez dias com Marvin Macy, o homem mais bem-parecido mas com o caráter mais instável da povoação, e desde aí tem estado sozinha à frente do seu próprio destino. Até um dia chegar à terra um anão corcunda que se afirma seu primo, roubando-lhe o coração e transformando a sua loja num café cheio de vida. Mas quando o marido rejeitado regressa ao fim de vários anos, inicia-se um estranho triângulo amoroso – e a vida no café nunca mais voltará a ser a mesma…

site da imagem:viajarpelaleitura.blogspot.co

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Serás ou serei eu ??

Será  você ou serei eu ?  que te  buscará nos lugares mais ingremes e nas  noites mais inquietas.
Nos dias  em que o sol não nascerá como deveria nascer.
Aqueles em que  olhamos pro céu e  procuramos a lua...
Não é preciso assim buscar você hora alguma, porque da noite escura ao raiar do mais belo dia , tu já te faz presente dentro de mim , posso sentir na textura de minha pele a  sombra das  tuas mãos e até mesmo meu coração não pulsa com a lentidão de sempre... E   com olhar de ternura recebo você em meu colo e ponho minha alma pra dormir...
Será  você  ou serei eu ???
Maria Gell

Vale a pena sentir vida

Viver com autonomia é produzir a seiva da própria vida.
(Roberto Shinyashiki)


 ...Talvez tenha chegado a  hora de você sorrir... alguém espera o teu sorriso, já sorriu hoje?
O quê? faltam motivos?? Por  acaso não viu o sol  hoje que espetáculo? A lua , aquela flor que desabrochou so pra você!?









site da imagem :
asombradomar.blogspot.com
  E  me pergunto por quê?Se a  tristeza insiste em me deixar assim , quando já não há mais tempo  para pensar em mim mesmo e  desabafar o que  sinto !? Seria o bastante  ficar ao relento , esperando a banda passar e,  se  não passar?? Muitas vezes a mudança tem que  começar em nós... Talvez  assim nem mais queiramos que o mundo mude, porque somente assim iremos enxergar que estávamos equivocados.
MG










 retirada do site:cantinhudasgurias.blogspot.com

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

quarta-feira, 9 de novembro de 2011








Autor:
Torey Hayden
Título Original: Murphy’s Boy
Tradução: Saul Barata
Editora: Presença
Páginas: 320
Colecção: Grandes Narrativas Nº 444


Quando a técnica de educação especial Torey Hayden aceitou ocupar-se do jovem Kevin de 15 anos, encontrou um miúdo a quem o mundo exterior causava pânico e que vivia fechado num mutismo voluntário No entanto aquela era apenas a parte visível de um abismo de sofrimento.
Em todas as instituições por onde passara, consideravam-no um caso perdido e a própria Hayden sentiu-o como um vencido e compreendeu que só por milagre conseguiria ultrapassar os muros que ele construíra à sua volta. Mas Hayden tem um coração maior que o mundo e sentia-se incapaz de desistir dele. Pouco a pouco foi descobrindo uma história chocante de violência e abandono e um terrível segredo que um indiferente processo burocrático tinha simplesmente esquecido.

Sobre a autora:

Torey Hayden nasceu em 1951 em Livingston, Montana, nos Estados Unidos. Apesar de ter uma formação académica diversificada, dedicou grande parte da sua vida ao ensino especial e à escrita. Os seus livros, inspirados nas crianças e adultos que conheceu no decurso da sua actividade profissional, são bestsellers traduzidos para cerca de 30 línguas. Nesta colecção poderá encontrar os títulos "A Criança Que não Queria Falar", "A Menina Que Nunca Chorava", "Os Filhos do Afecto", "Uma Criança em Perigo", "Filhos do Abandono" e "A Força dos Afectos".
Site da imagem :ptpassatempos.com


 

PARA CRIANÇAS E ADULTOS .

Boa dica de Leitura




"Quem Ama Acredita" é um livro de Nicholas Sparks.

Jerry Marsh vive em Nova Iorque e é um jornalista científico que trabalha para a Scientific American. O seu talento especial para desmistificar fenómenos paranormais fraudulentos faz dele uma personalidade pública e conceituada. O cepticismo é, naturalmente, uma das suas características. Agora, aí vai ele a caminho da Carolina do Norte, aonde alguém o chamou, da pequena localidade de Boone Creek, para esclarecer um fenómeno de luzes misteriosas que à noite têm sido vistas sobre um velho cemitério meio arruinado. Jeremy está convencido que lhe bastará apenas uma semana para desvendar o caso. Porém não espera encantar-se com aquela pequena comunidade que o recebe calorosamente nem, sobretudo, com a bela e enigmática proprietária da única livraria ali existente. Ela disponibiliza-lhe gentilmente um gabinete onde ele pode pesquisar documentos antigos. A aproximação é inevitável, mas ambos sofreram amargas desilusões no passado. Jeremy, que passou por um divórcio, e Lexie, que se envolveu em dois casos amorosos falhados, vão ter de se confrontar com escolhas arriscadas se quiserem ficar juntos. Lexie está fortemente enraizada na sua comunidade e, além disso, não quer abandonar Doris, a avó por quem nutre um imenso carinho. Estará Jeremy disposto a deixar Nova Iorque para ficar com Lexie? Será ele ainda capaz de ter fé num grande amor?









site :lostbook9.blogspot.com
A gratidão é o único tesouro dos humildes.
William Shakespeare
site da imagem :blogs.jovempan.uol.com.br




 Em cada imagem vejo o olhar teu, nem sei ao certo se em minha direção...
Te olho do nada e pergunto em silêncio onde estás  ao certo? Porque para está  comigo não é  preciso apenas do físico...
Se teu olhar se desvia , logo sinto enlouqueicida minha  alma, porque não vejo perigo maior que está perto dos  teus  olhos  e    longe  do teu coração...
MG













site da imagem:phsimone.blogspot.com

domingo, 6 de novembro de 2011

Mário Quintana

O tempo

A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são seis horas!
Quando de vê, já é sexta-feira!
Quando se vê, já é natal...
Quando se vê, já terminou o ano...
Quando se vê perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê passaram 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado...
Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas...
Seguraria o amor que está a minha frente e diria que eu o amo...
E tem mais: não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo.
Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz.
A única falta que terá será a desse tempo que, infelizmente, nunca mais voltará.
Mário Quintana
Quando a tristeza  vier , diga a ela que está sem tempo...
.fotos.ntr.br/gatos/

Não são umas gracinhas??







site das  imagens:.fotos.ntr.br/

Sinopse

Danielle Steel convida o leitor a conhecer a Rússia czarista sob a ótica de Danina - uma meiga avó que tem seu passado descoberto depois de sua morte. Danina era uma grande bailarina clássica que viveu tórridos romances e conheceu a fama. Mas precisou tomar uma decisão que mudaria radicalmente sua vida quando a Revolução Russa eclodiu.
site da imagem :livrus.com.br
Não quero que as pessoas sejam muito gentis; pois tal poupa-me o trabalho de gostar muito delas.










site da imagem:moedeiro.blogspot.com

José Saramago


Gostar é provavelmente a melhor maneira de ter, ter deve ser a pior maneira de gostar.
José Saramago








site da imagem:flickr.com

sábado, 5 de novembro de 2011

 site da  imagem:

O luar com a  tua presença é simplismente demais!!!!










http://jotablog.com
Amor, política e mistério numa Lisboa onde não era costume acontecer nada, mas onde tudo parecia estar prestes a acontecer.
No dia 9 de Março de 1971, António Luís Fabrício, um jovem recém-licenciado em História, está sentado no café Monte Carlo a ler o jornal, ao mesmo tempo que ouve a conversa da mesa do lado, entre Carlos de Oliveira e Augusto Abelaira, dois dos seus escritores favoritos. É subitamente surpreendido pelo comunicado que dá conta do atentado bombista à Base Aérea de Tancos. Pouco depois, alguém o alicia para um emprego que o compromete em estranhas investigações históricas.
No dia 24 de Abril de 1974, António Luís Fabrício e Zemira, apaixonadíssimos, decidem passar a sua primeira noite de amor no anonimato de um hotel. Ao romper da manhã são acordados pelo acontecimento, pela ruptura.
"Aquela Madrugada no Ritz" é o segundo título do ciclo de romances de Joel Costa iniciado com O Assassino de Salazar. Narrativa a várias vozes e a várias luzes do pós-salazarismo, um tempo de expectativas e decepções, entre relativas aberturas políticas, boatos, manifestações, iminência de golpes de Estado e acções terroristas na cidade onde nada era costume acontecer, onde tudo parecia estar para acontecer e não acontecia.

Ficha detalhada: "Aquela Madrugada no Ritz" de Joel Costa

fnac.pt site da imagem 

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

 site da imagem:
recados.etc.br

Pablo Neruda

A DANÇA
Não te amo como se fosse rosa de sal, topázio
ou flecha de cravos que propagam o fogo:
te amo secretamente, entre a sombra e a alma.
.
Te amo como a planta que não floresce e leva
dentro de si, oculta, a luz daquelas flores,
e graças a teu amor vive escuro em meu corpo
o apertado aroma que ascender da terra.
.
Te amo sem saber como, nem quando, nem onde,
te amo directamente sem problemas nem orgulho:
assim te amo porque não sei amar de outra maneira,
.
Se não assim deste modo em que não sou nem és
tão perto que a tua mão sobre meu peito é minha
tão perto que se fecham teus olhos com meu sonho.
site da imagem:soporeleeufalo.blogspot.com

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Salmo 121




1 Elevo os meus olhos para os montes; de onde me vem o socorro?
2 O meu socorro vem do Senhor, que fez os céus e a terra.
3 Não deixará vacilar o teu pé; aquele que te guarda não dormitará.
4 Eis que não dormitará nem dormirá aquele que guarda a Israel.
5 O Senhor é quem te guarda; o Senhor é a tua sombra à tua mão direita.
6 De dia o sol não te ferirá, nem a lua de noite.
7 O Senhor te guardará de todo o mal; ele guardará a tua vida.
8 O Senhor guardará a tua saída e a tua entrada, desde agora e para sempre.





site da imagem:wn.com
 AINDA QUE CAIA  UMA CHUVA  E  NESTA DESFOLHE AS PÉTALAS DO MEU CORAÇÃO, JAMAIS DEIXAREI DE  AMAR...






 site da imagem :desombrasedeluzanna-paim.blogspot.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...